set 4, 2013

Posted por em Destaques Home | 0 Comentários

Comunidade de Comunidades: uma nova paróquia

Comunidade de Comunidades: uma nova paróquia

Cabe às dioceses e prelazias fomentar a leitura do estudo 104 da CNBB – “Comunidade de comunidades: uma nova paróquia” nas comunidades paroquias, discutindo-o nas assembleias ou nos diferentes movimentos e grupos. O resultado dos trabalhos paroquias pode ser apresentado nas assembleias diocesanas, a fim de se propor pistas de ação para a renovação paroquial.

A Comissão responsável pela redação do texto estará aberta a receber o fruto do trabalho dos regionais, das dioceses e prelazias, bem como sugestões para o próprio texto, que será votado na 52ª Assembleia da CNBB, em 2014. As contribuições podem ser enviadas, até o dia 15 de outubro de 2013, através do seguinte e-mail:comissaotemacentral@gmail.com

O texto completo do estudo encontra-se no site da CNBB: www.cnbb.org.br/
Queridos, este é um assunto que afeta a todos nós, pois a comunidade é a célula onde atuam mesmos os movimentos e as novas comunidades.
Escrito em 2004, já visava a renovação paroquial. Eu os li e estudei pouco antes de sair o atual plano de pastoral, creio que não por coincidência, os elementos que Dom terra apresenta como característica mais forte dos novos movimentos eclesiais são as mesmas urgências apresentadas no atual plano de pastoral da CNBB. Quando tive contato pela primeira vez com o plano de pastoral pensei, certamente a igreja percebeu a fertilidade dos novos movimentos e agora está querendo transferir a sua dinâmica para as comunidades paroquiais. Eu achei isso ótimo! Mas parece que aqueles que não pertencem à realidade interpretam as urgências de outra maneira. Penso que a colaboração que os movimentos e as novas comunidades podem oferecer é singular.
Abraços Fraternos
ELiakim
Fundador da Comunidade Aliança de Cristo Rei

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>